Assinatura RSS

Verdade

Parece que o tempo não sobrou pra olhar. Hoje o que era céu

é polo

e inverte-se segundo o que você diz fortemente convicta de tudo o que é relativo sobre ser em cima e ser em baixo.

O que conseguiríamos ver é a verdade:

a nuvem.

É a verdade,

não a realidade.

Ela é o movimento que me impressiona, vindo de nuvens tão belas quanto o ato de não sê-las mais. A verdade que não se reproduz, nem se aproxima.

Ê vem a chuva!

Fico leve, amando o que passou. Odiando o tempo que eu perdi

você morre em mim.

Eu pego o ônibus

eu sorrio sozinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: