Assinatura RSS

Walker Evans

Publicado em

Walker Evans sonhava ser escritor na juventude, mas foi na fotografia, descoberta por ele na década de 20, que deixou um importante legado ao mundo. Foi contratado, na década de 30, por um programa do Governo Roosevelt, ligado ao New Deal. O objetivo, durante aquela época de recuperação pós-crise, era registrar as iniciativas de redução da pobreza no meio rural. Mas, o que ficou de suas lentes para a História foram a desolação e a miséria de espaços e indivíduos perdidos, pobres e sem esperança. Mas, também, o cotidiano de pessoas simples de estados do Sul, como Mississipi e Louisiana e de outras regiões dos EUA, a presença da cultura de massa e o olhar atento sobre a arquitetura das cidades, que dizem tanto sobre o período econômico, como sobre o estado de espírito de uma nação.

Na minha foto preferida (primeira abaixo), uma criança está sentada, com um rosto triste e se perde frente às muitas marcas de produtos na parede. Como se fosse esmagado, mas com anúncios que, de forma alguma, remetem ao glamour dos letreiros das grandes cidades. Pelo contrário, as marcas na parede da casa simples mostram um capitalismo decadente. Naquele momento buscava-se, entre os escombros da ascenção e queda da aventura liberal, uma centelha de humanidade, após um período onde as identidades baseavam-se, em grande parte, no consumo.

Veja algumas grandes fotos do mestre. (clique para ampliá-las)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: