Assinatura RSS

O que mudou?

Haussmann, 1864

Pereira Passos, 1906

Cabral/Paes/Kassab/Alckmin/Dilma, 2012..

“Haussmann tenta reforçar sua ditadura, colocando Paris sob regime de exceção. Em 1864, em um discurso na Câmara, expressa seu ódio pela população desenraizada da grande cidade. Esta cresce constantemente devido aos próprios empreendimentos de Haussman. O aumento dos aluguéis impele o proletariado para os subúrbios. Com isso, os bairros de Paris perdem sua fisionomia própria. Surge o “cinturão vermelho” operário. Haussman denomina a sim mesmo de “artista demolidor”. Sentia-se predestinado à sua obra, fato que enfatiza em suas memórias. Entretanto, provoca nos parisienses estranhamento em relação à cidade. Nela não se sentem mais em casa. Começam a tomar caráter desumano da grande cidade (…)

A verdadeira finalidade dos trabalhos de Haussmann era proteger a cidade contra a guerra civil. Queria tornar impossível para sempre a construção de barricadas em Paris.”

 (Walter Benjamin em “Passagens”)

Fotografia- documentário “Atrás da Porta”, de Chapolin e Vladimir Seixas,  que mostras as desocupações no Rio de Janeiro: Clique aqui pra ver o filme completo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: