Assinatura RSS

(2)

Publicado em

2- O bebê

O bebê olhava os outros assim: com os olhos arregalados. Ele parava e olhava para a moça e para o rapaz de forma assustadora, como um gato ou uma Esfinge. Mas pouquíssimos se assustavam de fato, afinal era apenas um bebê. Perdiam mais tempo fazendo guti-guti e apertando suas bochechas.

Reparava cada um em separado, investigava. Alguns torciam para serem escolhidos, outros não queriam. O olhar do bebê era de choque com aqueles seres estranhos que descobria agora.

Tudo mudara para ele nos últimos tempos. Aquela vida onde era o centro do universo, onde tudo orbitava em seu entorno, era sim muito boa. Comida vinha sem esforço, através de um cano. Flutuava numa água gostosa e recebia todos os cuidados sem sair do lugar. Se preocupava apenas em crescer rapidamente. O mundo da luz era mais complicado e o esforço começava em abrir os olhos, descolando aquelas pálpebras.

Apesar de algumas dificuldades iniciais, aquele universo era tão assustador quanto interessante. Resolve olhar com força de raio-X do Super-Homem, com força de hipnotizador. Mira em cada cabeça, em cada olho. Se choca com movimentos bruscos, assim como também se assusta com gritos e cores berrantes. Vibra com cabelos, com narizes. Repara em orelhas grandes, em línguas engraçadas.

Seu interesse fisionômico é maior até do que o do pintor-retratista, aquele que corre o risco de ir para a forca se não fizer um quadro fiel da família real. Talvez por saber que poderá morrer, também, sem entender bem aquele monte de traços, que formam alguma coisa à sua frente. Figuras que depois, mal sabe ele, ganharão tantos nomes diferentes na sua concepção de adulto. Por isso, se desespera quando algum colo o leva para longe de um rosto. Justamente daquela feição cujo interesse havia sido despertado. Por isso vai torcendo o pescoço, até se despedir daquela coisa, até não conseguir enxergar mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: