Assinatura RSS

Malandro é malandro mesmo

Publicado em

Está disponível, no site Porta Curtas, o filme Coruja, de Máricia Derraik e Simplício Neto. O curta-metragem, de 2001, mostra o universo que cerca Bezerra da Silva nos morros do Rio e os compositores de suas músicas. Esses artistas são homens comuns, como carteiros e mecânicos, que falam dos temas que representam a voz dos que são marginalizados. O curta-metragem se tornou um longa recentemente.

Clique aqui para entrar na ficha do filme e clique em “assista”:

“A favela, nunca foi reduto de marginal
Ela só tem gente humilde marginalizada
e essa verdade não sai no jornal”
(“Trecho de “Eu sou favela”- Música gravada por Bezerra, de Sergio Mosca e Noca da Portela)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: